TEM QUE APRENDER E EMPREENDER, DIZ SKAF NA FORMATURA DE CURSO PÓS-TÉCNICO DO SENAI-SP

Primeira turma de Desenvolvedor Multiplataforma Web & Mobile teve 173 alunos

O Teatro do Sesi-SP foi palco nesta segunda-feira (30/1) da formatura da primeira turma do curso pós-técnico de Desenvolvedor Multiplataforma Web & Mobile do Senai-SP. Paulo Skaf, presidente da Fiesp, do Sesi-SP e do Senai-SP, participou da cerimônia e elogiou a parceria com JP Morgan Chase Foundation e Endeavor. Skaf convidou ao palco estudantes e representantes de startups e perguntou a eles sua impressão sobre o curso.

Diante das avaliações positivas ouvidas dos formandos, Skaf reforçou à fundação a necessidade de manter a parceria e lançar nova turma este ano. Aprender fazendo é a tônica do Senai-SP, explicou Skaf na conversa.

“Tem que fazer o curso para trabalhar, para empreender”, além de aprender, frisou Skaf, lembrando a parceria de Senai-SP e Sebrae-SP, que também preside, para ajudar no lançamento de empresas.

“Fico feliz porque os objetivos foram alcançados”, disse o presidente da Fiesp e do Senai-SP. Skaf destacou a necessidade de maior participação de mulheres no curso, no que foi apoiado por Patrícia Verteresi, diretora de risco do banco JP Morgan Brasil. Skaf também lembrou o papel essencial dos educadores brasileiros.

paulo_skaf_formaatura_senai_2017

Os 173 formandos desenvolveram projetos para atender a necessidades específicas de 27 empresas. O curso, que teve seu início em julho de 2016 e duração de 160 horas, é fruto da parceria da entidade com a JP Morgan Chase Foundation e Endeavor. Clique aqui para saber mais sobre o curso.

A formatura teve apresentação da Orquestra Filarmônica do Senai-SP e da cantora lírica Giovanna Maira, que interpretaram o Hino Nacional Brasileiro.

Em seu discurso, o diretor regional do Senai-SP e superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni, ressaltou que o curso mostrou aos participantes o caminho da educação. Ele também destacou o papel transformador da educação, capaz de dar às pessoas o poder de mudar suas vidas.

O futuro está em boas mãos, disse, parafraseando o ex-presidente dos EUA Barack Obama. Os estudantes poderão ser os profissionais e líderes de que o Brasil precisa, afirmou.

Lembrou que Skaf definiu como lema para a indústria paulista “Crescem as pessoas, cresce o Brasil”.

Patrícia Verteresi, diretora de riscos do JP Morgan Brasil, ressaltou o compromisso global com a educação técnica, por meio da fundação JP Morgan. 40.000 dos 250.000 funcionários do banco trabalham com tecnologia, dos quais 18.000 em programação, relatou. Essa experiência e conversas no mercado levaram à escolha do tema do curso, para suprir uma necessidade. Os formandos ajudam a viabilizar o crescimento sustentável da economia, disse.

Fonte: Agência Indusnet Fiesp 

 

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Conteúdo Relacionado

Deixe seu comentário

Existe um outro caminho para São Paulo.

Conheça as ideias de Skaf para São Paulo. Compartilhe. Participe. São Paulo precisa de todos nós. #ExisteUmOutroCaminho. #SkafGovernador